O beija flor e o sábia


Em um enorme quintal um lindo beija flor todos os dias dava o ar da graça, com seu voo magistral visitava todas as flores existentes no espaço, bromélias, rosas e margaridas aguardavam ansiosas a chegada do pássaro para retirar o excesso de pólen e assim elas poderiam se multiplicar naturalmente pelo campo e isto fazia que a cada dia o terreno ficava mais florido.
Um dia chegou ao local voando por acaso um lindo sábia, pássaro majestoso com suas cores fortes e marcantes, ao avistar tão linda paragem pousou e começou a alimentar-se das sobras de sementes e pequenos insetos que existiam em abundancia em tão encantador terreno.
Após uma boa e farta refeição se pós a cantar o sábia, cantava belas melodias, as flores imediatamente deixaram-se encantar por tão belo canto e pássaro, neste momento chegava o beija flor e sentindo-se relegado a segundo plano pelas flores perdeu a vontade de beija-las e sugar seus néctares e pólen.
Como o sábia se sentiu amado pelas flores decidiu que ficaria naquele local, afinal ali tinha tudo o que necessitava para a sua sobrevivência, sementes, insetos, água e bom abrigo contra a chuva, e esta decisão causou mais desanimo no beija flor, afinal ele antes tão importante para todas as flores e plantas, agora era obrigado a dividir o seu recanto com o sábia, um intruso que não merecia estar ali.
E assim o jardim deixou de ser coeso e equilibrado, pois com o desanimo do beija flor, as flores não mais conseguiam fazer com que novas e lindas pequenas flores nascessem e o jardim começou a definhar, a situação chegou a tal ponto que as flores solicitaram que ambos os pássaros comparecessem juntos ao jardim e a Rosa a sublime rainha de todas as flores tomou a palavra e disse:
O universo é equilíbrio nós flores necessitamos de todos os seres da natureza para podermos, perfumar, colorir e aromatizar os ambientes, todos são importantes desde a pequena abelha que pousa em nosso centro, até o majestoso beija flor que suga nosso néctar e nos faz cada vez mais trabalhar e fabricar novos pólen assim cumprirmos os desígnios que o universo espera de nós, amamos a natureza, os pássaros, o sol, pois tudo faz parte do planejamento divino, com a chegada do sábia, entendemos a melodia de seu canto e isto nos estimulou a fabricar mais pólen, porém isto causou ciúmes em vós beija-flor, pois não entendeste a importância da harmonia criada por Deus.
Dessa forma para não prejudicar os planos divinos resolvemos pedir ao Sábia para que parta deste local, mesmo ficando sem seu canto assim preferimos, pois a perpetuação de nossa semente é mais importante que nosso prazer, preferimos abdicar de ouvir seu canto do que ver este jardim seco e árido sem as cores e cheiros que temos hoje em dia.
Após este comentário o Beija-flor enfim compreendeu o que era a natureza de Deus, pois toda a criação do universo foi pensada e medida de forma correta, tendo lugar para tudo desde o germinar de uma semente a distribuição do pólen e transformação em mel, compreendeu enfim que seu adversário o Sábia fora dotado de um canto lindo para animar e encantar com seu canto a todos, porém o trabalho de distribuir a semente da vida cabia a ele o humilde beija flor.
E assim a harmonia voltou ao jardim e todos puderam enfim viver e paz.
Logicamente isto é uma fabula onde através de uma estória tentei dizer que todos são importantes aos olhos de Deus e de toda a criação.
Portanto faça a sua parte, não olhe o que seu companheiro, amigo ou adversário esta fazendo o importante é o que você realiza.
Mesmo nos momentos de distração você pode sem querer prejudicar algo ou alguém, então seja responsável pelos seus atos.
Roberley Meirelles